Hoje eu vou te dar uma mãozinha para ajudar a decidir o que é importante avaliar na hora de escolher o seu.

Luciana Dleizer, sócia-proprietária da Office&Co

Você decidiu ir para um coworking, mas não sabe o que deve levar em conta para tomar uma decisão ?

Fique tranquilo! Como as opções são muitas, às vezes a gente não sabe por onde começar.

É justamente por isso que vou te dar uma mãozinha. Como tenho experiência com o assunto, posso te ajudar a saber o que realmente importa no dia-a-dia.

Fiz uma lista com o que considero importante.

Claro que, muitas vezes, você pode colocar as coisas em sua própria ordem de prioridades, incluir um item ou outro.

Mas, aqui estão 11 critérios que, na minha experiência e opinião, você precisa levar em consideração na hora de conhecer alguns coworkings.

#1. Atmosfera

Quando você entra no espaço você sente que ele te acolhe? Qual é a sua primeira impressão? É rígido e impessoal ou quente e humano?

O espaço parece um lugar que você gostaria de estar? Lembre-se que você vai passar muitas horas em um coworking.

Portanto, olhe além do superficial e pergunte a si mesmo se é um lugar que você poderia passar horas fora de casa.

#2. Sentido de comunidade

A vibração do espaço combina com você? Existe um grupo diversificado e engajado de pessoas?

É mortalmente silencioso ou as pessoas estão se conectando, conversando e trabalhando juntas?

#3. Níveis de ruído

Alguns espaços de coworking têm música em segundo plano, outros, ruído brando, e ainda há os que são extremamente silenciosos e os que são cheios de atividades.

Qual desses você prefere? Se você precisar se esforçar para se concentrar em meio a tanto barulho, ou se o silêncio o incomodar, verifique se o som do ambiente funcionará para você.

Lembre-se de que os níveis de ruído mudam ao longo do dia; portanto, pergunte sempre qual é o tom geral.

O que procurar em um coworking

#4. Oportunidades de eventos

No interesse de apoiar e aumentar suas comunidades, muitos espaços de coworking apresentam uma agenda de eventos, incluindo happy hours, oficinas, apresentações, hackatons, eventos de networking, exposições e muito mais.

Dê uma olhada nas ofertas e veja se condizem com os interesses, necessidades e habilidades que você gostaria de desenvolver.

Você não precisa estar em todas elas, mas deve saber da programação e se os eventos são adequados para você.

#5. Opções de assento

Os melhores espaços de coworking têm uma variedade de opções de ambientes e assentos para acomodar diferentes preferências e necessidades.

Você prefere trabalhar em uma mesa, ou prefere uma sala? Precisa de uma cadeira ergonômica? Verifique se o espaço tem opções que funcionam para você.

#6. Salas de reunião

Você precisa de um lugar para receber clientes ou fazer chamadas? Nesse caso, verifique se o espaço oferece acesso fácil e acessível às salas de reunião.

Em alguns espaços, você tem acesso ilimitado às salas de reunião.

Em outros, você precisa contratar à parte; e ainda há os que você tem direito a um número de horas de acordo com seu pacote de serviços.

Você pode não precisar com tanta frequência de uma sala de reunião. Mas, quando precisar, ficará feliz em ter esse recurso disponível.

#7. Curador da comunidade

Existe alguém no espaço certificando-se de que tudo ocorra bem, respondendo perguntas, apresentando pessoas, engajando-se ativamente no espaço e lidando com problemas?

Essas pessoas podem ser chamadas de curadores ou anfitriões. Ter alguém disponível para cultivar a comunidade pode ser a diferença entre um ambiente de coworking mais atraente e receptivo.

#8. Localização

O espaço está próximo de coisas importantes para você: transporte público, restaurantes, bancos, supermercados, ciclovia e outros recursos?

Todos têm necessidades diferentes. Logo, é preciso saber se o espaço que você está buscando atende às suas.

O que procurar em um coworking

#9. WiFi

Embora você possa fazer um trabalho analógico, ter um WiFi rápido e confiável é um elemento indispensável em um espaço de coworking.

Não é apenas frustrante ter um WiFi irregular quando você está trabalhando online, é estressante também.

Você pode perguntar sobre o WiFi ao curador e fazer um rápido teste. Você terá uma perspectiva honesta da confiabilidade do serviço.

 

#10. Café

Eu sei. Café poderia estar na sessão cozinha. Mas eu preferi separá-lo em uma sessão própria. O café é importante para você?

A maioria dos espaços, para não dizer todos, oferecem café, mas as ofertas variam muito! Dependendo de onde você estiver na escala dos apreciadores de café, verifique se o que é servido e se está alinhado ao seu gosto.

Pode parecer algo simples, mas se você precisar sair do seu local de trabalho toda vez que quiser tomar uma xícara de café, vai acabar ficando irritado.

***

Com as minhas dicas, você já sabe o que procurar em um coworking e já tem como criar um sistema de avaliação para classificar as opções visitadas. Mas sigo à disposição. Boa sorte!

Luciana Dleizer

About Luciana Dleizer